teste

O maior e mais completo guia infantil com as melhores marcas, lojas e serviços do Brasil

Mil Assuntos


Como desmamar sem traumas?

15/04/2015 - Por Camilla Junqueira - Maedetres3

Olá mommys,

O post de hoje confesso ser um dos temas que estão mais presentes na minha vida atualmente. Apesar de ser mãe de três, nunca passei por um desmame. Nas minhas duas experiências anteriores o processo de desmame aconteceu naturalmente. Vocês devem estar se perguntando, porque desmamar o seu bebe que só tem 10 meses?

A resposta é apenas uma, o João Francisco, meu caçula não estava aceitando nada que fosse sólido, aceitando apenas o Leite materno e nesta fase somente o leite materno não sacia mais a criança por causa da sua fácil digestão. E para que ela consiga obter os nutrientes necessários em quantidades ideais para ter um crescimento saudável ela sente a necessidade de mamar o tempo todo.

Ai surgiu mil dúvidas. E agora o que fazer? Até onde o Leite Materno tem uma real importância, para os bebês que já estão com a alimentação solida? Como fazer esse desmame sem traumas?

Muitas dúvidas mesmo... E para esclarecer e me ajudar nessa minha tentativa de desmame, contei com a super consultoria da Baby Planner Patrícia Dias do Materno Mundi

Toda mãe sabe que o bebê deve ser alimentado exclusivamente com leite materno até o sexto mês de idade, o que significa que ele não precisa de água, chá ou suco, somente o leite da mãe é suficiente para ele crescer forte e saudável.

Quando introduzir novos alimentos?

Após os seis meses muitos bebês começam a mostrar interesse por outros alimentos e eles já estão prontos para experimentar novos sabores, texturas, além do leite materno. O problema é que nesse momento, muitas mães acham que devem parar de amamentar, ou passar a dar mamadeira e fórmulas artificiais.

Como fazer?

No começo, o leite materno deve ser sempre oferecido com o novo alimento, por isso é chamada de alimentação complementar, uma vez que o leite ainda é o principal alimento do bebê e os sólidos servem como complemento.

Conforme o bebê cresce e começa a aceitar melhor os outros alimentos, o leite materno é retirado aos poucos da alimentação da criança, dando espaço aos lanches, almoço e jantar, mas ainda deve ser dado em alguns períodos, como de manhã e a noite, por exemplo.

E quando a criança não quer comer e só mamar, a mãe não deve se preocupar, deve sempre continuar oferecendo o alimento sólido, mas ficar tranquila em relação ao ganho de peso, pois é normal muitas crianças recusarem todos os tipos de alimentos, menos o seio materno até os 8,10 meses ou mais.

A introdução de alimentos sólidos para crianças deve ser feita de maneira natural e gradual e nunca se deve forçar a criança a comer, mesmo que ela continue recusando, o que é normal, já que ela está aprendendo a lidar com aquele novo sabor. Uma dica é oferecer o mesmo alimento de diversas formas.

Em uma das minhas últimas consultas à pediatra, resolvemos então que o desmame seria feito, mas naturalmente. O peso dele estava dentro do esperado, então nada de traumas e pressa.

Começamos com a redução das mamadas, oferecendo apenas na parte da manhã e antes de dormir, com isso o apetite dele aumentou e esta fazendo com que ele aceite melhor os alimentos. Outra dica bem importante e que ajuda muito é seguir uma rotina com horários e quantidade de alimentos oferecidos diariamente, é muito importante, nessa fase. Devem ser respeitados, inclusive, os horários de sono do bebê.

 

Após a introdução plena é importante que sejam oferecidos no mínimo duas papas de frutas, duas papas salgadas, um suco de frutas e água a livre demanda.

Um exemplo:

8h leite Materno 

10h papa de fruta

12h30 papa salgada + suco (pós-refeição)

14h30 leite Formula

16h30 papa de fruta

18h30 papa salgada + suco (pós-refeição)

20h30 leite Materno

É claro que esse é só um exemplo e a rotina deve ser ajustada de acordo com cada bebê.

Por aqui a rotina foi introduzida, desde sempre, afinal de contas ter três filhos me obriga a seguir à risca.

Nos primeiros dias de redução da amamentação, confesso ter sido muito complicado, ele vinha fussinhando o peito toda hora , chorava , isso me causava uma certa tristeza ....rs , mas por outro lado eu sabia muito bem que era para o bem dele . De fato, já no primeiro dia de redução a hora do almoço foi praticamente um evento , preparei a comida , montei o esquema de sos limpeza com babador, papel para limpeza da sujeira de cada dia e respirei fundo ....Não é que ele comeu super bem !!! Fogos, palmas, está dando certo, não posso dizer que nunca falha, falha sim mas já estamos quase 100%. 

Agora quanto ao leite materno ainda estou nas duas mamadas determinadas pela pediatra , manhã e noite ... 

Mas sem pressa e traumas eu chego lá!

 



Saiba tudo sobre armazenar e congelar o Leite Materno

13/03/2015 - Por Aline Colozio - Nutriikids

Acho que muitas mães podem se perguntar, vale a pena tirar o leite materno?  Ou quando devo me preocupar em tirar leite para congelar ou armazenar em temperatura ambiente, ou então qual é a durabilidade do leite materno congelado ou armazenado em temperatura ambiente? Enfim são várias as perguntas na hora de escolher como amamentar seu filho quando não puder estar presente, calma vamos esclarecer tudo!

http://goo.gl/JbvW7u

Quando vale a pena tirar o leite?

Tirar e armazenar o leite materno é uma alternativa para que as mães possam criar certa autonomia quando precisar sair.  Quando você amamenta o seu bebê com leite materno e precisa se ausentar por algumas horas ou até um dia inteiro, é importante você pensar em deixar uma reserva do leite materno armazenado para que o seu bebê continue recebendo o leite materno e todos os benefícios que ele traz.

Como o leite pode ser tirado?

- Manual

- Bombinha

Hoje na Web existem muitos sites com orientações de como fazer a ordenha manual e com a bombinha.

E atenção, as bombinhas funcionam como estimuladores, portanto, a produção de leite para quem ordenha além da mamada tende a aumentar com o tempo. Caso você queira ordenhar para aliviar o inchaço do peito, não utilize bombinhas.

http://goo.gl/9iIIwx

Qual a quantidade?

Mamães, a ordenha não deve ser feita pouco tempo depois das mamadas, pois a quantidade de leite será inferior a que o seu bebê necessita. Você não precisa tirar tudo de uma vez, uma ordenha pode completar a outra e completar a mamada. A quantidade vai depender da idade do seu filho, por exemplo, bebês com 1 mês a média é 90 ml, 2 à 6 meses vai variar de 120 à 180 ml, e a partir dos seis meses de 180 à 220 ml. Mas fique tranquila, pois as primeiras vezes provavelmente vão ser difíceis, se você conseguir ordenhar de 10 à 20 ml já será uma vitória.

Como armazenar?

É importante ter recipientes adequados e esterilizados, para evitar contaminação. A melhor maneira de esterilizar os recipientes ou mamadeiras onde o leite materno vai ser armazenado é fervê-los por 15 minutos, ou usar esterilizadores, ou microondas pelo tempo determinado na embalagem ou no esterilizador.

Quanto tempo de armazenamento o leite materno fica em temperatura ambiente?

O leite materno pode ficar em temperatura ambiente (em torno de até 23o C) em segurança por até duas horas. O mesmo tempo vale caso o bebê não tenha aceitado todo o leite oferecido dessa mamada e tenha sobrado leite?  Você pode oferecer o restante em até duas horas no máximo.

http://goo.gl/lbNrIj

O leite materno pode ser armazenado em geladeira?

Se você optar por armazenar o leite na geladeira e não congelá-lo, o período seguro de armazenamento é de até 12 horas.  Prefira as prateleiras superiores e prefira deixar o leite afastado de alimentos crus.

Como congelar o leite materno?

O leite materno pode ser armazenado no congelador por até 15 dias em uma temperatura a menos 10º graus negativos. Os recipientes ou mamadeiras não devem ser preenchidos até a boca, eles devem ter um espaço de no mínimo 3 a 4 cm da tampa ou bico. É importante que no recipiente tenha a data e hora da ordenha, lembrando que se a ordenha acontecer em partes por conta da quantidade do leite a hora marcada deve ser a da primeira retirada.

Como descongelar o leite materno?

O método mais indicado é o banho-maria. O pote onde o leite está armazenado é colocado em um recipiente maior com água morna. O microondas não é o mais indicado, pois o leite materno pode perder propriedades. Nunca ferva o leite diretamente ou o coloque em banho-maria em água fervente, corre-se o risco de também serem perdidas propriedades importantes do leite.

Importante: Uma vez descongelado o Leite Materno, ele não poderá ser congelado novamente.

Continuar oferecendo o leite materno dá trabalho, mas vale muito à pena!

Foto da Home: http://goo.gl/BPZBcx

 





Mil Assuntos

Aqui contamos com a parceria de profissionais competentes e dos melhores blogs infantis do Brasil e Exterior, para trazer para você matérias e assuntos escolhidos a dedo para te envolver ainda mais nesse mundo materno.

Participe

Se você quer seu texto ou algum tema publicado aqui conosco, envie-nos sua ideia ou matéria com seus contatos que retornaremos o mais breve possível.

Link me
Instagram
Curtir!
Parceiros
Mommy´s Place | O maior e mais completo guia infantil com as melhores lojas e serviços do Brasil
© 2013 Mommy’s Place. Todos os direitos Reservados